Voltar

“Estamos fazendo todos os procedimentos para transformar os leitos de UTI COVID-19 em leitos de UTI Geral”, afirma prefeito

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, está fazendo uma força-tarefa para transformar os leitos de UTI COVID-19 em leitos de UTI Geral, para atender todos os tipos de pacientes e não apenas aqueles acometidos pela COVID-19, como ocorreu ao longo dos últimos 21 meses de funcionamento. O anúncio foi feito pelo prefeito Vander […]

Publicado em 13/04/2022

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, está fazendo uma força-tarefa para transformar os leitos de UTI COVID-19 em leitos de UTI Geral, para atender todos os tipos de pacientes e não apenas aqueles acometidos pela COVID-19, como ocorreu ao longo dos últimos 21 meses de funcionamento.

O anúncio foi feito pelo prefeito Vander Masson, pelo vice-prefeito Marcos Scolari, e pela secretária de Saúde Gicelly Zanatta, na manhã desta quarta-feira, dia 13/04, no interior do Hospital Municipal, durante cerimônia e ato ecumênico que marcaram oficialmente o encerramento dos 10 leitos de UTI COVID-19 na unidade hospitalar.

“Nesse momento, agora com o número reduzido de casos, graças a Deus, sem pacientes graves, estamos encerrando os atendimentos da UTI exclusiva para COVID-19 em nossa cidade, mas quero tranquilizar a população pois, como temos todos os equipamentos de UTI aqui, a nossa disposição neste espaço, vamos transformar esses 10 leitos que eram exclusivos para pacientes com COVID em leitos para receber todos os tipos de pacientes”, disse o prefeito.

O complexo de leitos de UTI do Hospital Municipal Arlete Daysi Cichetti de Brito foi inaugurado com 10 leitos em 23 de junho de 2020, no início da pandemia, sendo ampliado para 20 leitos em 2021, na gestão do prefeito Vander Masson. Com o tempo, houve nova redução para 10 leitos. A programação de encerramento era para o final do ano passado, mas com o advento de uma nova variante do vírus e o aumento no número de casos no mês de janeiro passado, o encerramento das atividades foi reprogramado para o dia 14/04/2022.

Todavia, ao longo desse período, a equipe de gestão da Prefeitura, liderada pelo chefe do Executivo Municipal, Vander Masson, iniciou uma força-tarefa junto às esferas estadual e federal de Governo para transformar os leitos em UTI Geral. “Começamos em novembro passado a nos articularmos, já fomos no Governo do Estado, que já encaminhou para Brasília, para o Governo Federal, o pedido para nós transformarmos esses 10 leitos de UTI-Covid em leitos de UTI convencional, ou seja, estamos trabalhando diuturnamente para isso”, relatou o prefeito.

Ato de encerramento da UTI Covid-19 do Hospital Municipal

Vander destaca ainda que o Município está executando todos os processos burocráticos para que essa transformação ocorra o quanto antes. “Estamos mandando projeto de lei para a Câmara para poder contratar uma empresa para fazer a gestão dos leitos e, após isso, o Município aguardará entre 3 e 6 meses por uma confirmação do Estado para que o Governo Estadual assuma os leitos de UTI”, disse.

“Sabemos que UTI é uma obrigação do Estado, mas nós estamos fazendo a nossa parte, dando o pontapé inicial, que é transformar essas UTI’s de pacientes COVID-19 em UTI’s geral. Estamos fazendo a nossa parte e vamos continuar trabalhando, com apoio da Câmara e o entendimento de toda a sociedade”, complementou.

Vander Masson destacou ainda que Tangará da Serra nunca teve UTI pública geral “e a nossa gestão, preocupada com a nossa gente, e com os equipamentos que nós já temos, o espaço disponível que nós temos, estaremos viabilizando para a nossa população 10 leitos de UTI para receber todos os tipos de paciente. É um momento marcante na história do Hospital Municipal”.

Centro Cirúrgico

Outro ponto positivo anunciado pelo prefeito Vander Masson é o andamento do processo de abertura do Centro Cirúrgico do Hospital Municipal. O Município já tem espaço disponível na unidade hospitalar e os equipamentos necessários. O próximo passo agora, o qual já está bem encaminhado, é dar suporte de pessoal para colocar o ambiente em funcionamento, com a realização de cirurgias em Tangará da Serra, pelo SUS, sem a necessidade de encaminhamento para outras cidades.

“Também estamos trabalhando para a abertura do nosso tão Centro Cirúrgico, sabemos que temos inúmeros desafios a serem superados, mas, nós juntos, com a nossa equipe de trabalho, com a nossa Secretaria de Saúde, com os nossos vereadores, nossa população, nós vamos encontrar um mecanismo para viabilizar o funcionamento do nosso Centro Cirúrgico”, garantiu Vander Masson.

Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação