Voltar

Faça bonito: mais uma etapa da campanha de enfrentamento ao abuso e exploração sexual infantil foi realizada em Tangará da Serra

A Secretaria Municipal de Assistência Social realizou na tarde desta quarta-feira dia 18, no anfiteatro do Centro Cultural, mais uma etapa da campanha de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes. A campanha é permanente e tem como parceiros Secretarias Municipais como a da Saúde e da Educação, o Gabinete de […]

Publicado em 19/05/2022

A Secretaria Municipal de Assistência Social realizou na tarde desta quarta-feira dia 18, no anfiteatro do Centro Cultural, mais uma etapa da campanha de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes. A campanha é permanente e tem como parceiros Secretarias Municipais como a da Saúde e da Educação, o Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, o próprio Poder Judiciário e a Câmara Municipal, além é claro das forças de segurança pública do Governo do Estado de Mato Grosso.

Na oportunidade foi lançado o aplicativo de denúncia, desenvolvido pela IGT solutions, veja como funciona clicando aqui APRESENTAÇÃO SUAS CANAL DENUNCIA (1) empresa presidida por Gonçalo da Trindade. O próprio diretor apresentou o aplicativo que promete organizar estatisticamente as denúncias que chegarem à central. O sistema vai reunir casos relacionados à violência doméstica, contra menores ou mesmo a falta de vagas nas escolas. Praticamente todas as autoridades que falaram aos presentes durante a reunião ressaltaram a importância da campanha e que é necessário estar atento e agir todos os dias, pois apenas 10% dos casos chegam até as autoridades e uma efetiva punição aos infratores percorre um caminho muito complexo, conforme explicou na oportunidade, a Juiza da 2ª Vara, Dra. Leilamar Aparecida Rodrigues.

18 de maio é uma data em que são realizadas ações semelhantes em todo o país. Neste dia, em 1873, uma menina de apenas 8 anos foi violentada em Vitória-ES e o caso ainda não está solucionado. Na verdade, este é o ponto alto da campanha que é realizada ao longo do mês de maio. Aqui em Tangará da Serra uma ação já havia sido realizada no dia três de maio (palestra educativa/orientativa) ministrada aos educadores como forma de capacitá-los a perceber e identificar casos de violência infantil, ou mesmo atender inicialmente aos menores e tomar os encaminhamentos adequados. Panfletagem de orientação aos pais e ou responsáveis e divulgação de vídeo com orientação direta às crianças também estão sendo feitos.

Assessoria de Imprensa