Voltar

Máquinas da Prefeitura recuperam estrada que liga MT-358 à região da São Jorge

E tem serviços da Prefeitura Municipal por todos os cantos do Município. Seja na cidade ou na área rural. O prefeito Vander Masson e o secretário de Infraestrutura, Marcos Scolari, vistoriaram as obras de cascalhamento e levantamento da pista que estão sendo executadas na MT-170, que liga o Distrito da São Jorge a MT-358 (no […]

Publicado em 20/04/2021

E tem serviços da Prefeitura Municipal por todos os cantos do Município. Seja na cidade ou na área rural. O prefeito Vander Masson e o secretário de Infraestrutura, Marcos Scolari, vistoriaram as obras de cascalhamento e levantamento da pista que estão sendo executadas na MT-170, que liga o Distrito da São Jorge a MT-358 (no pé da Serra dos Parecis).

“É uma estrada estadual, mas está dentro do nosso município, temos que zelar e dar condições para que esses moradores, todas essas comunidades possam transitar com segurança e agilidade, podendo escoar o que produzem e ter estrada boa para o transporte escolar. Além disso, é uma região turística, com muitos atrativos, comunidades indígenas, rios e cachoeiras”, destaca o prefeito.

“Esse trecho sempre sofreu com intempéries, principalmente na época da chuva. É uma estrada que tem um grande fluxo de caminhões boiadeiros e de calcário, que precisam de uma estrada boa para poder transportar seus produtos. Estamos fazendo um trabalho que irá beneficiar milhares de moradores”, disse o secretário de Infraestrutura, Marcos Scolari.

Carlinhos da São Jorge, morador da região, relata que a melhoria na MT-170, com o levantamento da pista, construção de bueiros e outras melhorias, é um anseio, um sonho antigo dos moradores de toda essa região. “Quero agradecer ao prefeito Vander e toda sua equipe. É um sonho antigo de toda essa região, parabéns pelo trabalho e obrigado por olhar por essas comunidades”, disse Carlinhos.

Ele explica que a via é importante para o trânsito de milhares de pessoas, dando acesso a várias usinas de produção de energia, a diversas fazendas da região e para pontos de turismo nas aldeias indígenas e na Cachoeira do Juba. Além disso, a estrada beneficia milhares de moradores da comunidade da São Jorge e os estudantes que utilizam o transporte escolar.

Veja mais imagens:

Texto: Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação

Fotos: Neusino Pereira/Assessoria de Comunicação