Voltar

O QUE FAZER?: Prefeitura oferece orientação à profissionais de educação para enfrentamento a exploração e abuso sexual infantil

A Prefeitura Municipal, por meio das Secretarias de Assistência Social e de Educação, e do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPPM), realizou na noite desta terça-feira, dia 03, no auditório da Unic, um evento com o objetivo de orientar profissionais da Educação Pública Municipal para o enfrentamento ao abuso e a exploração sexual infantil. […]

Publicado em 04/05/2022

A Prefeitura Municipal, por meio das Secretarias de Assistência Social e de Educação, e do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPPM), realizou na noite desta terça-feira, dia 03, no auditório da Unic, um evento com o objetivo de orientar profissionais da Educação Pública Municipal para o enfrentamento ao abuso e a exploração sexual infantil. A ação faz parte da campanha Faça Bonito 2022, que tem o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Participaram do evento o prefeito municipal, Vander Masson, a primeira-dama e coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres (GPPM), Silvana Ló Masson, a secretária de Assistência Social, Márcia Kiss, o secretário de Educação, Vagner Constantino, o vereador Sebastian Ramos, dentre outras autoridades.

Palestra foi ministrada pelo psicólogo Euller Jamilson Lopes Sacramento (no centro, de camisa bordô).

Com a palestra “O que fazer?”, ministrada pelo psicólogo Euller Jamilson Lopes Sacramento dialogou e orientou mais de 300 professores e demais profissionais da rede de ensino municipal, equipes da Secretaria de Assistência Social (SEMAS) e demais profissionais que atuam na rede de proteção do Município.

A secretária de Assistência Social, Márcia Kiss, explica que essa foi a primeira ação do município no mês de maio dentro de uma programação que inclui diversas atividades de enfrentamento ao abuso e a exploração sexual infantil. “Nosso foco foi orientar os profissionais para evitarmos, para enfrentarmos situações de violência sexual contra crianças”, explicou.

Márcia detalhou que a Rede de Proteção esteve presente no evento e relatou todas as ações, serviços e políticas públicas desenvolvidas em Tangará da Serra. “Mas acima de tudo tivemos a brilhante palestra com o psicólogo Euller, que explicou um pouquinho sobre os tipos de violência que acometem as nossas crianças, os números e a importância de estarmos fazendo um trabalho de prevenção para que as crianças entendam que elas tem que ter voz e de ter alguém que zele por elas no ambiente familiar e na escola, nosso foco dessa primeira ação”, disse.

“As estatísticas mostram que a maioria dos casos de abuso e exploração sexual envolvem pessoas conhecidas e é importante que elas tenham e saibam em quem as crianças podem confiar, com quem elas podem contar, a quem relatar em caso de abuso”, pontuou. Participaram do evento o Conselho Tutelar, o CREAS e os CRAS.

Outras ações

Ao longo do mês de maio serão desenvolvidas outras ações dentro do Faça Bonito. A programação inclui pit stop, panfletagem, além de um novo encontro com palestra e debate no dia 18 de Maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. “Nos meses seguintes, até outubro, ainda estaremos visitando escolas e levando essas informações às crianças da rede municipal de ensino, para que elas não deixem os abusos ocorrerem e terem segurança para contar aos professores em caso de abuso”, finalizou a secretária Márcia Kiss.

Veja mais imagens:

Alexandre Rolim/Assessoria de Comunicação